Ervas Frescas

Meu sonho é ter uma horta daquelas grande bem carregada de ervas, de alguns legumes e porque não algumas frutas também? 😀 Mas ter isso em ‘casa’ vindo diretamente da horta não é privilégio de todo mundo. Exige espaço, tempo e cuidados.

Outro grande problema com relação aos temperos frescos é sua a vida útil. Já deve ter acontecido ai na sua casa de comprar ervas frescas e em poucos dias já não estavam mais tão frescas. Você sabe que existem várias maneiras para conservar ervas frescas em casa? As 4 mais conhecidas são:

  1. Colocar as ervas frescas em potes com água, e cobrir os potes com um saquinho plástico. 
  2. Lavar as ervas e guardar dentro da geladeira em potes tampados/ou em ziploc com um pedaço de papel-toalha dentro.
  3. Fazer cubinhos de gelo com as ervas: lave as ervas, corte em pedacinhos, coloque nas formas de gelo e cobra com azeite. Retire da forma, transfira para um ziploc e conserve no congelador por até 3 meses
  4. Bater as ervas em liquidificados com sal marinho e azeite. Guardar na geladeira em pote com tampa.

Aqui inclui as ervas frescas mais comuns, e seus nomes em Inglês e em Português:

 

Basil / Manjericão  – Altamente aromático, de sabor robusto. Excelente em pestos, como um toque final em pratos de massa, ou recheadas em sanduíches.
Thai Basil / Manjericão Tailandês – Tem as suas folhas mais alongadas, e possui um sabor mais picante do que manjericão comum. 
Bay Leaves / Louro – A folha de louro libera seu sabor aos poucos, por isso é bem utilizada em preparações de cozimento longo como sopas, ensopados, cozidos e também em marinadas

 


 
 
 
Chives / Cebolinha Francesa – Possui sabor de cebola delicada, muito usado mesmo como enfeite de pratos.
Cilantro / Coentro – As folhas e as hastes do cilantro têm um sabor pungente, herbáceo, similar ao limão, recomenda-se retirar o excesso dos cabos. Usado no Caribe, América Latina e cozinha asiática.
Dill Endro ou Aneto – Tem sabor similar ao da erva-doce. Muito usado em  peixes e batatas.
 

 
Fenugreek / Feno-grego – Tem um sabor amargo de açúcar queimado. Muito usado na culinária indiana e do Oriente Médio. 
Green Onion / Cebolinha – Com folhas verde-escuras, tem o sabor parecido com o da cebola, porém mais suave.
Lemongrass / Capim-limão – Muito conhecido por seu aroma doce, herbáceo e cítrico.  Utilizado na preparação de chás, sopas e refogados.
 

 
 
Marjoram /  Manjerona – Com sabor floral e amadeirado. Experimente em molhos, vinagretes e marinadas.
Mint / Hortelã – É a planta mais usada no mundo. Use com cordeiro, ervilhas, batatas e sobremesas.
Oregano / Orégano – A erva fresca tem o sabor mais robusto do que o desidratado, um pouco parecido com o de limão. Utilizado em um monte de pratos mexicanos e mediterrâneos.
 
 

 
Italian ParsleySalsa Italiana – Tem as folhas maiores e lisas com sabor mais robusto.
Curly ParsleySalsa Encaracolada – Tem suas folhas encaracoladas e sabor mais amargo, se comparado com a Italiana.
Rosemary / Alecrim – Ligeiramente amargo, o alecrim é recomendado para carnes de porco, carneiro e peixe.
 

 
  
Sage / Sálvia  – Possui notas de limão e do eucalipto. Muito usada na cozinha italiana. Os cabinhos são duros por isso não costumam ser usados. Lembre de retirá-los das folhas.
Tarragon / Estragão –  Típico da culinária francesa. Com sabor adocicado e ao mesmo tempo levemente picante. Pode ser comido cru em saladas ou usado em pratos quentes como frango, frutos do mar ou ovos.
ThymeTomilho  – Adiciona um sabor picante, amadeirado. Dá um toque especial a carnes em geral, especialmente de porco e molhos de tomate.

 


 
NOTA: Este artigo é apenas para fins informativos e não, de qualquer forma, tem a intenção de substituir o conselho de um especialista.
 
 

Leave a Reply