Experimentando sabores um prato de cada vez!

Quais os óleos saudáveis para cozinhar?

Quais os óleos saudáveis para cozinhar?

Confuso sobre qual óleo de cozinha é o mais saudável?  Determinar o tipo de gordura que você deve comer é como a física quântica do mundo alimentar. Fonte

Outro dia estava ouvindo um podcast sobre tipo de Oléos usados na cozinha. Aprendi algumas dicas e vim aqui dividir com você e citar os meus óleos favoritos na culinária. 

Em primeiro lugar, preste atenção no ponto de fumaça. O ponto de fumaça é a temperatura que os óleos começam a quebrar, perder nutrientes e desenvolver sabores. Você saberá que está acontecendo quando o óleo está soltando mechas de fumaça. Alguns óleos têm ponto de fumaça mais alto, então eles são melhores para cozinhar em alta temperatura. Outros óleos têm ponto baixo de fumaça e provavelmente devem ser reservados para consumir in natura. 

Escolha “pressionado a frio” quando possível. Este termo se refere à forma como o óleo foi processado. Os óleos prensados a frio são pressionados a baixas temperaturas, o que significa que eles retém todos os sabores, aromas e nutrientes que de outra forma seriam destruídos pelo calor. E é uma forma limpa de produzir óleo: significa que ele foi extraído mecanicamente em vez de quimicamente.

Outro ponto importante na escolha do óleo é avaliar a origem e o valor nutricional dele. Os óleos de canola, milho, soja tem valor nutricional muito pobre, pois são altamente refinados, hidrogenados e inflamatórios.

 

 

 

 

O meu óleo favorito para cozinhar no momento, é o óleo de ABACATE, porque ele tem um ponto de fumaça elevado  de até 270C, segura até uma fritura, e é rico em ômega 3 e vitaminas. 

 

 

 

 

Em segundo lugar vem o nosso querido óleo de COCO, a manteiga GHEE,  e o óleo de GERGILIM com ponto de fumaça de mais ou menos 170 C e segura bem coisas assadas, bolos, vegetais salteados.

 

 

 

E por último temos aqueles óleos com menos resistência ao calor, por serem compostos em sua maioria por gordura insaturada, como o caso do azeite de OLIVA extra virgem e do óleo de LINHAÇA (riquíssimo em ômega3).

 

 

Amarrando então os conceitos, fico com o óleo de abacate para preparações que exigem temperaturas mais elevadas. Para assados e temperaturas médias prefira o óleo de coco, ghee e óleo de gergilim e o azeite e óleo de linhaça para saladas e para dar um toque especial na hora de servir sopas. 

E você, qual seu tipo de oléo preferido? 

 

 



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *