Experimentando sabores um prato de cada vez!

Creme de Ervilha

Creme de Ervilha

Alguns chamam de  sopa de ervilha, outros creme de ervilha, eu chamo de caldo porque é batido no liquidificador e fica fácil esconder aqueles temperinhos que muita gente torce o nariz, tipo a cebola e o alho  😆 

A última vez que tomei esse creme verdinho, foi como entrada de um jantar. Gosto bastante porque ele é leve, e pode agradar os vegetarianos ou carnívoros desse mundão. Basta acrescentar uma calabreza ou bacon para aqueles que não abrem mão de uma carninha na sua sopa. 

Depois de todos os ingredientes cozidos, só precisa bater tudo em um liquidificador. Se quiser uma sopa mais rústica, você pode bater menos. Eu gosto do meu creme bem lisinho, e as vezes até passo tudo por uma peneira fina, depois de bater no liquidificador. Você fica a vontade.

Outra coisa importante de mencionar é que o caldo vai engrossar um pouco conforme ele vai esfriando. Se deixar o creme grosso demais, vai virar um purê de ervilha.  Então fica de olho na quantidade de líquido que você acrescenta nela.

Então chega de falatório e vamos lá:

Caldo de Ervilha
Serves 6
Print
INGREDIENTES
  1. 300 g de bacon cortado em cubos pequenos, ou croutons (opcional, para servir)
  2. 1 cebola média cortada em cubos
  3. 2 dentes de alho, picados
  4. 1 colher (sopa) de manteiga
  5. 600 g de ervilhas congeladas, ou frescas
  6. 1 1/2 litros de caldo de vegetais líquido, ou água
  7. 1 colher (chá) de sal
  8. 1/2 colher (chá) de pimenta do reino preta moída
  9. 1/2 xícara de creme de leite fresco
PREPARO
  1. Se for fazer a opção vegetariana, pule esse etapa do bacon -->
  2. Leve os cubos de bacon para fritar em uma panela grande, em fogo alto.
  3. Quando o bacon estiver torradinho, desligue o fogo e com uma escumadeira retire o bacon. Deixe o bacon secando sobre um pratinho forrado com papel toalha. Reserve.
  4. Retire todo o excesso de gordura do bacon da panela, mas não precisa lavar a panela.
  5. Acenda o fogo novamente (médio) e doure a cebola e o alho picados na manteiga. Deixe cozinhar até dourar.
  6. Adicione toda a ervilha, mexa bem e espere que todas estejam descongeladas e macias.
  7. Tempere com o sal, a pimenta e 1 litro de caldo de vegetais (ou água ).
  8. Tampe a panela, espere ferver e abaixe o fogo. Deixe cozinhar por uns 45 minutos. Desligue o fogo.
  9. Bata tudo usando um mixer, liquidificador ou processador de alimentos. Bate até atingir um creme homogêneo, volte com ele para a panela, e acenda o fogo de novo.
  10. Adicione o 1/2 litro de caldo de vegetais restante, e deixe ferver até atingir a consistência desejada (mais rala ou mais grossa). Ajuste o tempero se necessário.
  11. Por fim, acrescente o creme de leite fresco e misture. Desligue o fogo.
  12. Sirva a sopa com os pedacinhos de bacon que estavam reservados, ou com croutons.
Frigideiras Mágicas http://frigideirasmagicas.com/
Sexta-feira  a gente volta com receitinha nova. A gente se vê, né?

 


Related Posts

Canjiquinha com Costela de Boi

Canjiquinha com Costela de Boi

Inverno para mim é temporada das sopas, caldos e afins. Adoro sopas, e normalmente tento fazer elas mais saudáveis e magrinhas tanto quanto possível, mas a receita de hoje fugiu um pouco desse critério.  É que tem horas que a gente quer comer mesmo uma […]

Caldo Verde

Caldo Verde

Já estamos no finalzinho do mês de março, e aqui nos Estaites, já é oficialmente primavera. Mas tá com cara de outono, com muita chuva, céu cinza e tempo frio. E o que melhor pra combater uma noite fria do que uma sopinha?  O clima […]